Como está a sua Equipe?

Chegamos na reta final de 2019.


Como está a sua equipe?

1. Engajada e feliz com os resultados alcançados ao longo do ano?

2. Cansada, mas realizada?

3. Ou destruída?


Este é um questionamento importante e extremamente necessário, principalmente para planejarmos os próximos passos. É essencial que você tenha construído ao longo do ano um ambiente de confiança, com diálogo transparente e honesto com o seu time, porque só assim ele trará um feedback assertivo para esta reflexão.


Sim! Você deve reunir a sua equipe e ouvir, sem julgamento, o que ela tem a dizer sobre o trabalho desempenhado ao longo dos últimos quase 12 meses.


Sabe qual o maior erro de um líder? Achar que tem a resposta certa para tudo, achar que está tudo bem, que se as pessoas reclamam é puro mimimi, que reunir o time e perguntar como cada um está é perda de tempo. Que o que importa é somente o resultado, a qualquer custo.


Provavelmente este líder é aquele cuja área tem uma alta rotatividade de pessoas, onde o time faz o básico e tem baixo desempenho – porque não importa o que se faça, a única ideia válida é a do chefe mesmo. Todo mundo está errado e ele certo. Então este time vai levando... sofre com a pressão, com a autocrítica e com a frustração... e, por mais que neste time existam pessoas fenomenais, com um potencial gigantesco para fazer acontecer, ninguém sai do lugar. E como este time chega ao final do ano? Destruído! Com a moral lá embaixo, contando os dias para as férias.

“Mas Luana, eu não tive escolha... sou cobrado para entregar as metas e cumprir com os prazos”. Ok! Todos estão unidos neste objetivo, mas nunca é o que, e sim o como. E este como dá trabalho pra caramba, porque exige que o líder se interesse genuinamente pelas pessoas, que circule, ouça, aprenda, ensine, concorde, discorde, que some ao invés de diminuir. Eu duvido que você goste de ter um líder que haja desta forma mesquinha, na base do comando e controle, extremamente crítico e centralizador, certo?


Então seja o líder que você gostaria de TER.

Se você é o líder da equipe 1, PARABÉNS!! Seu papel foi desempenhado com sucesso. Faça os devidos reconhecimentos a cada um do seu time e reforce a importância do trabalho colaborativo que vocês construíram ao longo do ano. Celebre com todos os membros da equipe; relembre os desafios, os obstáculos, as lições aprendidas e as conquistas.

Líder da equipe 2, você está no caminho certo!

Nem sempre as batalhas serão vencidas sem tropeços, sem quedas, sem arranhões.

Isso faz parte do crescimento e do aprendizado, ainda mais se no final valer a pena. Para acertar o rumo da sua área ou da sua empresa você precisa se certificar de que está colocando as pessoas no centro e as envolvendo na construção de um ambiente melhor, mais colaborativo e humano, com foco em soluções que levarão a resultados mais positivos.

Sabemos que o ano novo é apenas uma continuidade, mas a energia positiva em volta de todos os rituais faz com que a transformação ocorra e que as esperanças se renovem. Por isso, aproveite para fazer a diferença e assumir-se como um líder que é exemplo, que integra, acredita, compartilha e faz brilhar.

Um grande abraço!

Luana Vieira

0 visualização
entre em CONTATO

contato@gestaopositiva.com

+55 (41) 99927-9273

© 2020 por Gestão Positiva. Criado orgulhosamente com Wix.com