O reflexo da Equipe no Cliente

Ao longo da minha carreira já fiz vários processos seletivos e, contratar pessoas para fazer parte da sua equipe, de fato, é um desafio e tanto.


Não basta fazer a triagem de currículos e agendar as entrevistas, é preciso primeiro avaliar com responsabilidade quais serão as atividades que esta pessoa exercerá, qual autonomia terá, qual será a sua possível trilha de desenvolvimento e, qual o perfil mais adequado para complementar a equipe já existente.


Seja em multinacionais, onde já vi profissionais competentes pedindo demissão por terem sido contratados com um descritivo de cargo “x”, mas na prática a demanda era outra (muito diferente); seja vivenciando o dia a dia de alguns empreendedores, percebo que a formação de equipe tem sido um ponto de muita dificuldade.

E este ponto merece muita atenção, já que a satisfação do seu cliente e a continuidade da sua marca está diretamente ligada à motivação do seu time.


Veja, cada empresário ou líder de uma organização quer que sua empresa seja percebida de uma forma específica no mercado, que vai de encontro aos valores e metas da cia. Porém, as empresas não são apenas os produtos que entregam ou os serviços que prestam, certo?

Quem molda o como o consumidor perceberá o seu negócio são as pessoas que você contrata para fazer parte do seu time.

Por isso, tão importante quanto pensar no custo e na qualidade do produto que você está entregando no mercado, é estruturar a Gestão de Pessoas – e aqui não me refiro à folha de pagamento e cartão ponto, mas em como você investirá no desenvolvimento delas. Afinal de contas, são as pessoas do seu time que fazem o sucesso da sua marca.

Contrate pessoas:

  • Que se identifiquem com o propósito do seu negócio;

  • Alinhadas com os valores da empresa;

  • Que vejam este trabalho como uma oportunidade de crescimento;

  • Experientes em aprender novas habilidades;

  • Ávidas em fazer sempre o melhor;

  • Que se importem;

  • Que contribuam para a melhoria contínua;

  • Com atitude positiva e que queiram fazer a diferença.

Não é gratificante quando a gente entra numa loja, num restaurante e é bem atendido? Quando você consumidor é surpreendido positivamente? Quando você vê uma equipe unida e o gestor sendo parte dela (e não se auto promovendo)? Quando alguém que vai prestar serviço na sua casa esteja representando a empresa de forma profissional?


Pois bem, é no momento pós contratação que o gestor passa a ter papel fundamental e, eu diria, decisivo.

O bom atendimento ao cliente só é executado pela sua equipe se você, como gestor e líder, fizer o bom atendimento aos seus colaboradores.

Esteja próximo do seu time:

  • Ouça com atenção;

  • Liste as dificuldades;

  • Mapeie os treinamentos necessários;

  • Tenha processos claros e objetivos;

  • Proporcione feedback construtivo;

  • Seja exemplo;

  • Trabalhe com a sua equipe, não apenas dando ordens;

  • Mostre aos seus colaboradores que eles importam.

A fidelização dos seus clientes é feita pelo seu time, seja no atendimento direto, ou no que ele fala quando não está na empresa.

Portanto, se você quer cuidar bem do seu cliente, olhe primeiro para a sua equipe, pois pessoas felizes fortalecem organizações.



Um abraço,

Luana Vieira

0 visualização
entre em CONTATO

contato@gestaopositiva.com

+55 (41) 99927-9273

© 2020 por Gestão Positiva. Criado orgulhosamente com Wix.com